AS DUAS IRENES: filme que estreou em Berlim, foi premiado em Gramado e revelou duas jovens atrizes

AS DUAS IRENES | O filme que estreou em Berlim, foi premiado em Gramado e revela duas jovens atrizes

As Duas Irenes, primeiro trabalho como diretor de Fabio Meira, prioriza as mulheres em cena. Protagonizado pelas jovens atrizes Priscila Bittencourt e Isabela Torres, que fazem sua estreia no cinema, o filme tem a narrativa construída a partir da vida de duas adolescentes e de seus pontos de vista.

Com estreia marcada para o dia 14 de setembro nos cinemas, o longa levou o prêmio da crítica ACCIRS (Associação dos Críticos de Cinema do Rio Grande do Sul) de Melhor Filme, Melhor Roteiro, Melhor Ator Coadjuvante para Marco Ricca e Melhor Direção de Arte. Além disso, a produção fez sua estreia no Festival de Berlim, em fevereiro, quando foi classificado por Luiz Carlos Merten, do jornal O Estado de S.Paulo, como “pequena joia brasileira na Berlinale”.

 

JOVENS PROTAGONISTAS

As protagonistas Priscila Bittencourt e Isabela Torres, que estreiam no cinema, foram escolhidas após uma extensa pesquisa de elenco e testes com mais de 250 meninas. Irene, uma garota de 13 anos, de uma família tradicional do interior, descobre que seu pai tem uma filha de outra mulher, com a mesma idade e o mesmo nome dela. Sem que ninguém saiba, ela decide procurar a garota e um mundo de descobertas se inicia.

Ao acompanhar o encontro dessas meninas, As Duas Irenes mostra a formação de identidade das adolescentes, que amadurecem enquanto conhecem melhor a si mesmas e o mundo ao seu redor; a busca por descobrir quem se é e o que quer para sua vida. “O filme é sobre se descobrir e se empoderar, é sobre sororidade”, comenta a produtora Diana Almeida.

AS DUAS IRENES: filme que estreou em Berlim, foi premiado em Gramado e revelou duas jovens atrizes
Acredito que a questão da identidade é a essência do filme. E essa tomada de consciência é decisiva na vida de qualquer pessoa. Para mim, as duas Irenes têm essa ousadia, elas querem ser donas de suas próprias histórias, mesmo que a sociedade não esteja preparada para isso”, completa o diretor Fabio Meira.

Rodado em Goiás, nas cidades de Pirenópolis e Goiás Velho, As Duas Irenes é uma história atemporal, que não localiza as personagens no tempo/espaço. “Queria propor um recorte da Cidade de Goiás diferente do usual. A intenção é parecer uma cidade quase deserta, e não um ponto turístico”, explica o diretor.

No elenco, além das jovens estreantes, Marco Ricca (como o pai), Susana Ribeiro e as atrizes do Grupo Galpão Inês Peixoto e Teuda Bara. As Duas Irenes será distribuído no Brasil pela Vitrine Filmes através do projeto Sessão Vitrine Petrobras, com estreia em 14 de setembro.

 

AS DUAS IRENES

TRAILER


+ COM MULHERES PROTAGONISTAS, CINEMA CRESCE EM 2017

Escrito por Redação

Quer produzir conteúdo pro Crônicas do Agora e ter o seu trabalho divulgado pra uma audiência crescente de leitores? Envie um e-mail pra redacao@cronicasdoagora.com.br e fale com a gente!